Curiosidades Bíblicas

Altar do Incenso – Curiosidades Bíblicas – Série O Tabernáculo

Introdução

O Altar do Incenso servia ao propósito prático de aromatizar gradativamente o ar que junto formava uma coluna de fumaça para acompanhar a coluna de fogo do candelabro de ouro. Sendo assim, a fumaça do próprio incenso, passou a simbolizar as orações do povo de Deus.
No tabernáculo o incenso só podia ser oferecido pelos sacerdotes, que serviam como intermediadores entre o povo e Deus.

Significado

O principal simbolismo ligado ao incenso é a oração feita a Deus, “Suba a minha oração, como incenso, diante de ti, e seja o levantar das minhas mãos como o sacrifício da tarde” (Sl 141:2).
O perfume característico produzido pela queima do incenso subia às narinas de Deus, da mesma maneira que sobem aos céus as orações do justo. O altar do incenso era apropriadamente colocado próximo da arca, ainda que do lado de fora do véu, pois o sacerdote tinha que usá-lo diariamente.

Conclusão

Deus disse a Moisés que parte do incenso deveria ser reservada para estar diante do Testemunho na tenda da congregação (Êx 30:36). Embora o incenso fosse uma parte essencial da adoração no tabernáculo e no tempo, não é mais necessário para o culto da nova aliança.
Nesse novo templo, não precisamos mais de mediadores sacerdotais para levar nossas orações a Deus, pois podemos nos aproximar sabiamente dEle.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.